Mato Grosso, Terça, 01 de Dezembro de 2020
Politica | DECISÃO JUDICIAL
Quinta, 05 de Novembro de 2020
Justiça descarta qualquer irregularidade em pesquisa liderada por Silvio da Saúde
Fotografia:Divulgação

A Justiça Eleitoral negou uma representação do candidato a prefeito de Nova Ubiratã, Edegar José Bernardi (Neninho da Nevada), contra o IPEC Instituto de Pesquisa por possíveis irregularidades em uma pesquisa eleitoral, realizada entre os dias 13 e 15 de outubro.

 

A decisão assinada pela juíza da 43ª Zona Eleitoral, Paula Saide Biagi Messen Mussi Casagrande, foi publicada nesta quarta-feira (04).

 

“Julgo improcedente a representação com relação ao representado Juliano Albert Schimidt (IPEC – Instituto de Pesquisa), eis que indemonstrada qualquer irregularidade relevante na pesquisa realizada”, afirmou a magistrada.

 

A decisão contraria a coligação encabeçada por Neninho que, na petição inicial, apontou supostos erros no plano amostral e ponderação quanto ao sexo, idade, grau de instrução e nível econômico dos 254 entrevistados.

 

Na mesma ação, o requerente solicitou a suspensão da divulgação feita pelo site ubiratã24horas. Esta, por sua vez, foi deferida pela Justiça Eleitoral sob a justificativa de ausência dos dados referentes a margem de erro da pesquisa (5 pontos percentuais para mais ou para menos).

 

“Embora tenha a convicção de que os procedimentos foram realizadas de forma correta, a empresa contestante, para não restar dúvidas quanto a esse quesito e demonstrando sua seriedade no trato com a divulgação de matérias jornalísticas, fez uma errata na referida matéria acrescentando, em caixa alta, ou seja, em destaque, a margem de erro da pesquisa de 5%”, ponderou a defesa patrocinada pela advogada Rosangela Braga.

 

“Portanto, injustificável e improcedente o pedido do autor quanto ao pedido de suspensão da publicação o que acertadamente foi indeferida em sede de liminar por este juízo”, conclui.

 

Decisão favorável

Durante sua live semanal, transmitida nesta quarta-feira (4), o candidato a prefeito Silvio da Saúde, comentou a decisão da Justiça Eleitoral em reconhecer a legalidade da pesquisa.

 

“Nós colocamos a margem de erro da pesquisa [site institucional da campanha], nossa pesquisa é real e continua na página Silvio da Saúde (...) então pessoal, chega de fazer intrigas, chega de denunciar a nossa coligação porque estamos trabalhando sério. Estamos trabalhando para um governo justo”, disse o emedebista em tom de desabafo.

 

Divulgação de pesquisa

Conforme afirmado por Silvio da Saúde, a pesquisa continua disponível no site institucional de campanha e também na página pessoal do candidato no Facebook, sendo que o uso, de ambas as ferramentas digitais, foi devidamente autorizado pela Justiça Eleitoral.

 

No banner de divulgação constam a porcentagem obtida pelos candidatos, bem como a fonte e data da pesquisa, número de eleitores entrevistados, número de registro no TSE, nível de confiança e margem de erro (confira foto abaixo).

 

Fonte:Redação
Autor:Rafael Sousa
FOTOS DA NOTÍCIA