Mato Grosso, Segunda, 30 de Março de 2020
Policia | após três meses
Quinta, 12 de Março de 2020
Suspeito de matar professor de Educação Física em Nova Ubiratã é solto e passa a usar monitoração eletrônica
Fotografia:Reprodução

Edson Padilha Gondinho, de 57 anos, que estava preso desde dezembro de 2019, suspeito de matar o professor de Educação Física João Cláudio Lemos, de 36 anos, foi solto nesta quarta-feira (11) após decisão judicial.

 

Conforme apurado pela reportsagem, o habeas corpus foi concedido pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT). De acordo com o pedido impetrado pelos advogados de defesa do suspeito, dentre eles Carlos Alberto Koch, “não há elementos concretos que indiquem que a liberdade do réu representa risco à ordem pública. Trata-se de paciente primário, ausente circunstância que indique a possibilidade de reiteração delitiva [repetição da prática criminosa]”.

 

A defesa também apontou que o suspeito compareceu espontaneamente à delegacia de Polícia Judiciária Civil de Sorriso no dia 12 de dezembro do ano passado, ocasião em que foi qualificado, interrogado, confessou o crime e entregou a arma utilizada.  “Ele não apresenta envolvimento em qualquer outro feito criminal, confessou a conduta e entregou a arma, o que corrobora o entendimento de que a imposição de medidas cautelares alternativas à prisão mostra-se suficientes ao caso concreto”.

 

Para responder ao processo em liberdade, Edson deverá ser monitorado eletronicamente, bem como cumprir medidas cautelares, tais como manter atualizado o endereço dele, comparecer a todos os atos do processo, não frequentar o bar onde o crime ocorreu e não manter contato com as testemunhas.

 

A redação tentou contato com o advogado de defesa, mas Carlos Koch não atendeu aos telefonas.

 

Conforme foi noticiado, João Lemos morto a tiros na noite do dia 10 de dezembro de 2019 em Nova Ubiratã.

 

João Cláudio era casado e trabalhava como professor em uma escola municipal.

 

Leia também: Empresário que matou professor de educação física em Nova Ubiratã se apresenta á Polícia Civil

 

 

 

Fonte:Redação/Portal Sorriso
FOTOS DA NOTÍCIA