Mato Grosso, Segunda, 11 de Novembro de 2019
Mundo |
Quinta, 04 de Setembro de 2014
Tribunal concede divórcio a homem por não suportar satisfazer sua esposa na cama

Um homem que procurou a separação de sua esposa, alegando que ela era agressiva tinha um apetite insaciável por relação íntima, conseguiu o divórcio através de um tribunal da família em Mumbai, na Índia.

 

O marido procurou o tribunal da família em janeiro, dizendo que sua esposa era “inflexível, agressiva, teimosa e autocrática,” e iniciava brigas sem motivos. O homem, em sua petição, disse à corte que ela estava mostrando um “desejo excessivo e insaciável por relações íntimas,” assediando-o desde seu casamento, em abril de 2012. Ele também alegou que ela administrou-lhe medicamentos e também o obrigou a consumir bebidas alcoólicas.

 

Ele disse ao tribunal que trabalhava em três turnos, ficando muito cansado, e mesmo assim era obrigado a satisfazê-la. A mulher chegou ao ponto de ameaçá-lo de que, se suas exigências não fossem cumpridas, ela iria atrás de outro homem, sem se importar com as suas emoções e sentimentos.

 

Em dezembro de 2012 ele teve de ser hospitalizado por uma dor de estômago, e os médicos o aconselharam a ficar longe de qualquer relação por um tempo. Sua esposa manteve-se com suas exigências, mesmo com a saúde do marido correndo riscos.

 

Além disso, o homem disse que em outubro de 2013 foi operado de apendicite,e e após a alta sua esposa insistiu que tivesse relações íntimas mesmo assim. Segundo ele, sua mulher se recusou a visitar um psiquiatra e ameaçou-o se revelasse a alguém.

 

Um juiz aceitou os argumentos do homem e concedeu o divórcio.

Fonte:Redação / Arbroath
FOTOS DA NOTÍCIA