Mato Grosso, Sábado, 20 de Julho de 2019
Geral | quadro de saúde estável
Segunda, 15 de Abril de 2019
Irmão e filho de vereador morto em acidente seguem internados no Hospital Regional de Sorriso
Fotografia:Divulgação

Continuam internados no Hospital Regional de Sorriso, Antônio de Paula Teixeira, de 55 anos, e o pequeno Eduardo Cruz Teixeira, 8, respectivamente irmão e filho do vereador Ney de Paula Teixeira morto em decorrência de um acidente de trânsito, ocorrido na noite deste domingo (14), na MT-242, em Nova Ubiratã.

 

Os dois estavam na caminhonete Toyota Hilux, dirigida pelo parlamentar, que foi atingido por um veículo Volkswagen Gol com placas de Coqueiro (RS). O quadro clínico deles é considerado estável.

 

Um laudo preliminar apontou que a crianças foi arremessada contra o banco dianteiro da caminhonete que era conduzida pelo pai.

 

Devido ao impacto, o garoto sofreu cortes na altura do rosto e suspeita de fratura no maxilar. Ele aguarda para receber atendimento de um neurologista e ainda não sabe da morte do pai.

 

Já o irmão do vereador, está com suspeita de fratura de fêmur e deve passar por um ortopedista.

 

Conforme noticiado pelo site Ubiratã24horas, os três retornavam de uma fazenda da região quando foram surpreendidos pelo condutor do veículo de passeio que teria invadido a pista contrária e colidido frontalmente contra a caminhonete.

 

O automóvel era ocupado por Alexandre Koch, de 41 anos, e Alfredo César da Silva, de 33. Eles ficaram presos ás ferragens e morreram ainda no local.

 

No veículo usado por eles foram encontradas vários litros de cachaça além de algumas latas de cervejas vazias. Ambas as vitimas trabalhavam em uma fazenda localizada a poucos quilômetros do local do acidente.

 

Uma das hipóteses levantadas é de que os dois homens estivessem alcoolizados o que pode ter influenciado no acidente que deixou três pessoas mortas e dois feridos.

 

De acordo com informações repassadas pela Funerária Mato Grosso, os corpos serão transladados para Colíder (Alfredo César da Silva) e Carazinho no Rio Grande do Sul (Alexandre Koch).

 

Fonte:Redação
Autor:Nilva Santos
FOTOS DA NOTÍCIA