Mato Grosso, Quarta, 24 de Fevereiro de 2021
Cidades | efeito pandemia
Terça, 12 de Janeiro de 2021
Serviço de delivery das cestas da agricultura familiar volta a receber pedidos em Sorriso
Fotografia:Divulgação

O serviço de delivery das cestas da agricultura familiar volta a atender hoje (12) a partir do meio-dia. Os pedidos poderão ser feitos automaticamente pelo número (66) 99205-4306 que registra os pedidos e encaminha para as entregas que serão realizadas a partir de amanhã, quarta-feira. As cestas serão comercializadas pelo valor único de R$ 50,00 e tem em média 15 quilos de alimentos cada uma. A informação é da responsável pela  Central de Abastecimento e Comercialização (Ceasa), Cristina Félix.

 

O serviço de delivery das cestas da agricultura familiar volta a atender hoje (12) a partir do meio-dia. Os pedidos poderão ser feitos automaticamente pelo número (66) 99205-4306 que registra os pedidos e encaminha para as entregas que serão realizadas a partir de amanhã, quarta-feira. As cestas serão comercializadas pelo valor único de R$ 50,00 e tem em média 15 quilos de alimentos cada uma. A informação é da responsável pela  Central de Abastecimento e Comercialização (Ceasa), Cristina Félix.

 

De acordo com Cristina, quem quiser retirar no local também pode fazê-lo. “Há a opção de entrega em casa ou de retirada no próprio aplicativo; pedimos que quem solicitar siga corretamente todos os passos para finalizar o pedido e realizar as opções de entrega e forma de pagamento”, explica.

 

Cristina destaca que as cestas são montadas diariamente e que os itens que a compõem dependem da colheita diária. “Há dias em que os produtores realizam colheita de milho, leguminosas, folhosas, melancia, banana e outros. Então para montar os itens aguardamos sempre os produtos fresquinhos que são enviados direto da lavoura”, diz.  “Hoje temos quatro mil pessoas cadastradas no sistema de delivery; são pessoas que já realizaram compras e que diariamente recebem pelo aplicativo a lista de itens da cesta do dia para os pedidos”, salienta.

 

200 toneladas em dez meses

Desde que o sistema por delivery das cestas foi implantado, no início da pandemia em março de 2020, cerca de 160 toneladas de alimentos fresquinhos oriundos da rede de agricultura familiar de Sorriso já foram comercializados pela Ceasa no período de isolamento social gerado pelo novo coronavírus SARS-COV-2.  Além disso, também foram disponibilizadas 40 toneladas de alimentos especificamente ao programa Mesa Saudável, desenvolvido pela Prefeitura Municipal por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em um trabalho conjunto das secretarias de Agricultura e Meio Ambiente e Assistência Social. No total, são 200 toneladas de alimentos direto do produtor para dar mais sabor à mesa dos sorrisenses. Quem apresenta os dados é o secretário adjunto de Agricultura e Meio Ambiente, Márcio Kuhn.

 

“Mensalmente, desde que o projeto iniciou em março, estão sendo comercializadas cerca de 1.050 cestas/mês, passando de dez mil cestas desde o início da pandemia”, frisa Kuhn. “Além disso, também foram montadas e entregues mais de 3 mil cestas destinadas exclusivamente para o Mesa Saudável que teve início em 2 de junho”, complementa.

 

O secretário adjunto salienta que com a pandemia a agricultura familiar se reinventou. “Montar e vender as cestas foi uma novidade para todos que atuam no meio”, diz. Segundo ele, o sistema de cestas por delivery foi uma importante maneira de apoiar o desenvolvimento dos pequenos produtores do município. “É uma forma de evitar o desperdício da produção, garantir o sustento financeiro dessas famílias e também auxiliar o mercado consumidor, já que a recomendação é evitar aglomerações. Ficamos felizes que todo o trabalho desenvolvido está dando muito certo”, acrescenta.

 

Kuhn lembra ainda que a Administração Municipal continua cadastrando novos produtores rurais que queiram vender seus produtos desta forma. Hoje a Ceasa conta com 45 produtores cadastrados. Novos interessados devem procurar a Sama, no Paço Municipal, das 7 às 13 horas ou entrar em contato pelo telefone 3545-4729. O secretário pontua que excepcionalmente até esta sexta-feira (15) o atendimento na Sama é das 7 às 12 horas.

 

 

Fonte:Redação/Assessoria
FOTOS DA NOTÍCIA