Mato Grosso, Quarta, 27 de Janeiro de 2021
Cidades | covid em alta
Quarta, 13 de Janeiro de 2021
Seis hospitais estão com UTIs lotadas e outros 8 já ligaram sinal de alerta em MT
Fotografia:Reprodução

Após o aumento no número de internações de pacientes suspeitos ou confirmados da Covid-19 (a doença causada pelo coronavírus), seis hospitais da rede estadual já operam com a capacidade máxima. Outras oito unidades estão com a metade de seus leitos ocupados. A taxa de ocupação geral dos internados em UTI é de 63,28%, em mais um dia que alta nos números, segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES). No total, já são 902 pacientes internados. 

 

Os hospitais lotados são Hospital e Maternidade Santa Rita (Várzea Grande), Hospital Municipal Arlete Daisy Cichetti de Brito (Tangará da Serra), Hospital Regional Irma Elza Giovanella (Rondonópolis), Hospital Regional de Sorriso, Hospital Regional Dr. Antonio Fontes (Cáceres) e Hospital Regional Hilda Strenger Ribeiro (Nova Mutum).

 

Nas enfermarias públicas, a taxa é de 33%, representando 288 hospitalizados. Outras 7.198 estão em isolamento domiciliar.

 

Nas últimas 24 horas, foram notificadas 1.247 novas confirmações de casos de coronavírus, além de 14 mortes. No total, a SES já confirmou 192.353 casos confirmados da Covid-19, sendo registrados 4.708 mortes e 179.531 recuperações.

 

Os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 são Cuiabá (43.010), Várzea Grande (13.157), Rondonópolis (13.024), Sinop (10.286), Sorriso (8.519), Tangará da Serra (8.472), Lucas do Rio Verde (7.951), Primavera do Leste (6.026), Cáceres (4.471) e Nova Mutum (4.041).

 

O documento ainda aponta que um total de 160.270 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 482 amostras em análise laboratorial.

 

 

Fonte:Redação/RD News
Autor:Allan Pereira
FOTOS DA NOTÍCIA