Mato Grosso, Sábado, 20 de Julho de 2019
Cidades | investimento
Terça, 14 de Maio de 2019
Prefeitura de Sorriso faz lançamento da construção da nova sede do CAPS
Fotografia:Divulgação

A prefeitura de Sorriso, através da Secretaria de Saúde e Saneamento, realizou hoje (14) o lançamento da construção da nova sede do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).   O projeto prevê uma obra de 677,80 m², com recursos do município no valor de R$1.227.753,11 vindo através de uma parceria com o Ministério Público.

 

“Temos a alegria de lançar oficialmente esta construção, pois sabemos que a demanda do nosso CAPS é grande e a estrutura que temos hoje é antiga, pequena e não consegue atender essa demanda. Então entendemos que essa obra vem para melhorar o atendimento à saúde mental. Quero aqui agradecer ao Ministério Público pela parceria que deu origem aos recursos para essa construção, que será uma obra moderna. Isso é a saúde de nossa cidade avançando ainda mais,” afirmou o prefeito Ari Lafin.

O CAPS acompanha atualmente cerca de 160 pessoas, além das pessoas que são encaminhadas apara avaliação e tratamento. O prédio foi inaugurado em no ano de 2005, uma estrutura que já não consegue atender a demanda.

 

“A estrutura que temos hoje foi construída há 14 anos, a cidade  cresceu e o CAPS que temos é um prédio antigo e muito pequeno.  Com essa obra, não só vamos oferecer um ambiente melhor para tratar nossos pacientes, mas também um local adequando para nossos profissionais desenvolver um trabalho com mais qualidade”, explicou o secretário de Saúde e Saneamento, Luis Fábio Marchioro.

  

Ainda segundo o secretário, a obra foi projetada com a participação dos servidores. “Essa nova construção foi desenvolvida com base nas orientações dos profissionais da área da saúde mental, para que pudesse atender de forma eficaz os anseios deles que conhece as necessidades” ressaltou.

 

Para a coordenadora do CAPS, Marília Giudice, a obra será de grande importância para atuação dos profissionais da saúde mental. “Essa obra vem a atender uma necessidade, pois nosso prédio já não consegue atender a demanda. Com essa obra teremos como desenvolver um trabalho mais eficiente, pois terá um espaço maior. Além é claro de podermos atender mais pessoas. Estamos muito felizes, pois é uma grande conquista”, contou ela.

 

Fonte:Redação/Assessoria
Autor:Adriano Carneiro
FOTOS DA NOTÍCIA