Mato Grosso, Sexta, 20 de Setembro de 2019
Cidades | DESAVENÇA FAMILIAR
Sexta, 30 de Agosto de 2019
Filho é morto a facadas após chamar pai para "duelo"
Fotografia:Reprodução

Sirlando Cleison da Silva, 25 anos, morreu na noite da última quarta-feira (28) após ser esfaqueado pelo próprio pai, Simão Vieira da Silva, 71 anos, em casa no bairro Catira, em Alto Paraguai (179 km da Capital).

 

Uma equipe média do Pronto-Socorro municipal foi acionada para prestar atendimento médico, mas quando chegou ao local, apenas constatou a morte da vítima.

 

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), o acusado relatou que chegou em casa por volta das 20 horas e que pouco tempo depois seu filho também chegou e começou a agredi-lo com agressões verbais como: “veio vagabundo”, “sem vergonha”, “vai tomar no c***”.

 

Em seguida teria apontado para duas facas e desafiado: “Aí têm duas facas, ou eu mato você ou você me mata”, momento em que teria começado as agressões físicas.

 

Ainda segundo o relato do pai, Sirlando teria conseguido atingir uma de suas mãos causando um corte e também acertou com um pedaço de madeira que teria causado uma lesão na testa.

 

Em defesa, o idoso teria se apossado de uma das facas e golpeado o filho que após ter sido ferido, saiu correndo em direção à rua, mas acabou caindo poucos metros à frente.

 

O acusado disse aos militares que não lembra em qual parte do corpo do filho acertou a facada.

 

O motivo da briga não foi informado.

 

Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada para dar início ao trabalho de investigação no local. Um laudo será emitido apontando as circunstâncias da morte da vítima.

 

Após os trabalhos da Politec, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde vai passar por exames de necropsia.

 

O idoso foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para registro da ocorrência sob acusação de homicídio. O caso segue sob investigação.

Fonte:Redação / Repórter MT
Autor:Mário Andreazza
FOTOS DA NOTÍCIA