Mato Grosso, Quarta, 24 de Fevereiro de 2021
Agronegocio | evitar multas
Quarta, 20 de Janeiro de 2021
Tecnologias ajudam produtores rurais na entrega do Livro Caixa do Produtor Rural
Fotografia:Reprodução

O aumento da safra de grãos em 2020 deve elevar o número de produtores que precisam cumprir a obrigatoriedade do Livro Caixa do Produtor Rural (LCDPR). Entregue no mesmo período da declaração do imposto de renda, a obrigação abrange dados de receitas e despesas de custeio e os produtores devem ficar atentos aos prazos para evitar o pagamento de multas. Tecnologias como os softwares agrícolas possibilitam o envio automatizado da obrigação, evitando atrasos. 

 

Quem não se programou, deve se antecipar para não deixar para a última hora. A adoção de soluções tecnológicas que permitem o controle financeiro da propriedade é uma grande aliada para o produtor. Ter uma rotina de organização contábil, além de processos de contas a pagar e receber, por exemplo, ajuda na hora de preencher os arquivos no padrão exigido pela legislação. 

 

 

Softwares automatizam a entrega da obrigação 

Em 2021, a entrega será obrigatória para produtores com faturamento anual acima de 4,8 milhões. Companhias como o Grupo Siagri, que desenvolve tecnologias para o agronegócio, vêm aprimorando suas soluções para ajudar o usuário na hora de gerar o arquivo. A empresa proporciona aos seus clientes um software exclusivo para produtores de grãos, preparado para gerenciar todo o negócio e cumprir as demandas da fiscalização, com agilidade e praticidade. 

 

Segundo a coordenadora de legislação da companhia, Danielly Carmo, com o software o produtor rural registra suas atividades durante todo o ano e no período de entrega do livro caixa, já gera o arquivo automaticamente, com os dados exigidos pela Receita Federal. “Informações sobre fazendas, imóveis, compra de insumos e comercialização da produção são facilmente lançadas e transmitidas pelo software. Ter uma boa ferramenta de gestão é um grande passo para o produtor atender a obrigação do LCDPR”, destaca.  

 

 

Fonte:Redação/AgroLink
FOTOS DA NOTÍCIA