Mato Grosso, Segunda, 13 de Julho de 2020
Agronegocio | IMPRUDÊNCIA
Terça, 14 de Janeiro de 2020
Multas por avançar o sinal vermelho crescem quase 40% em MT
Fotografia:Reprodução

Segundo dados divulgados nesta segunda-feira (13) pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Mato Grosso registrou um aumento significativo nas multas por desrespeito ao sinal de parada obrigatória do semáforo, uma infração considerada gravíssima. Em 2018, foram lavradas 63.045 infrações, enquanto em 2019, o número saltou para 101.799, 38% a mais. Em 2017, os motoristas mato-grossenses haviam avançado o sinal vermelho 57.985 vezes. 

 

Transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%, foi outra infração que apresentou aumento em 2019, com 223.190 casos, ocupando o primeiro lugar da lista de registros de Mato Grosso. Em 2018, havia 177.536 e em 2017, 157.523. Transitar em velocidade superior à máxima permitida de 20% a 50% teve um aumento de 20,4%, passando de 29.079 em 2018, para 36.546 em 2019. 

 

Algumas infrações, entretanto, tiveram redução no número de registros. É o caso de dirigir sob a influência de álcool ou qualquer substância psicoativa. A transgressão, que é considerada gravíssima, teve 2.133 registros em 2018, e 1.334 em 2019, uma queda de 37,4%. 

 

De acordo com o levantamento, a falta de uso de cinto de segurança continua sendo um problema grave no estado. Condutores mato-grossenses foram autuados 44.595 vezes em 2019, um número, porém, menor que em 2018, quando o Denatran registrou 55.484 infrações desse tipo. 

Também ganham destaque em 2019 estacionar em local proibido também ganhou, com 19.828 casos; conduzir o veículo que não esteja registrado ou que não esteja devidamente licenciado, com 19.816 e dirigir o veículo usando calçado que não se firme nos pés ou comprometa utilização dos pedais, com 16.647 infrações registradas. 

Fonte:Redação/PNB Online
Autor:Safira Campos
FOTOS DA NOTÍCIA