Mato Grosso, Segunda, 11 de Novembro de 2019
Agronegocio | crime ambiental
Segunda, 21 de Outubro de 2019
"Estamos buscando a verdade”, diz Bolsonaro sobre punição de responsáveis por vazamento de óleo no Nordeste
Fotografia:Divulgação

O presidente da Republica , Jair Bolsonaro disse, em transmissão ao vivo em sua rede social, nesta sexta-feira (18), que “o Governo está buscando a verdade sobre o vazamento de óleo no Nordeste” e reforçou ainda que os responsáveis serão punidos.

 

A transmissão foi realizada ao lado do ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e de representantes a Marinha do Brasil que falaram sobre as ações já realizadas e sobre o que esta sendo feito.  “Há mais de 30 dias o vazamento foi detectado. Esse material vem sendo analisado, porque o petróleo tem um DNA e esse petróleo não é fabricado nem importado pelo Brasil,” relatou Bolsonaro. 

 

O Presidente explicou ainda sobre a dificuldade da Petrobras. “Um trabalho feito pela Petrobras descobriu que, nesse período do vazamento, em torno de 140 navios petrolíferos passaram pela região. Então, há dificuldade em se descobrir qual navio cometeu esse crime”, relatou. 

 

Bolsonaro enfatizou ainda a responsabilidade do Governo. “Estamos cientes da nossa responsabilidade. As Forças Armadas e demais órgãos do governo estão fazendo a sua parte”, finalizou. 

 

Todos os órgãos competentes participam das ações: Marinha,  Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Defesa, Ministério da Justiça, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Agência Nacional do Petróleo (ANP). 

Fonte:Redação/Assessoria
FOTOS DA NOTÍCIA