Mato Grosso, Terça, 12 de Dezembro de 2017
Saude | ainda não foi transferida
Quarta, 06 de Dezembro de 2017
Quadro de criança internada na UPA de Sorriso é estável, diz Secretaria
Fotografia:Reprodução

A Secretaria Municipal de Saúde informou que uma menina de 2 anos, cujo pai procurou levá-la ao Hospital Regional de Sorriso (HRS), na noite de ontem (5), sem sucesso, está em observação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com quadro de saúde estável.

 

Por meio de nota, a assessoria informou que a criança já foi medicada e segue em observação na UPA, “onde foram realizados os exames conforme solicitação do médico que acompanha a paciente. Ela está recebendo todos os cuidados necessários”.

 

A Secretaria ressaltou que a UPA é específica para atender casos de urgência e emergência. “É de suma importância que o usuário dê prosseguimento no tratamento através da unidade de saúde, inclusive para consultas com médicos especialistas”.

 

Pai reitera suposto descaso

Em entrevista, Arineldo Rodrigues Melo, pai da menina, disse que gostaria que houvesse internação no Hospital Regional de Sorriso (HRS), mas que não houve encaminhamento até o momento. “Até o momento, não sabemos qual é o diagnóstico dela, qual é o problema de saúde. Hoje estou no serviço e a minha esposa está com a nossa filha na UPA. Mas faz 40 dias que levamos e voltamos com ela para a UPA. Vamos tentar levar ela a um hospital particular porque se formos esperar a transferência para o Regional, a menina morre e ninguém faz nada”.

 

Confira a nota na íntegra enviada pela Secretária Municipal de Saúde:

Sobre a solicitação da equipe de reportagem, a Secretaria de Saúde e Saneamento informa que a criança encontra-se medicada e em observação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), e que foram realizados os exames conforme solicitação do médico que acompanha a paciente. Ela está recebendo todos os cuidados necessários e o quadro de saúde dela é estável.

 

A Secretaria aproveita para lembrar que a UPA atende urgência e emergência e que é de suma importância que o usuário dê prosseguimento no tratamento através da unidade de saúde, inclusive para consultas com médicos especialistas.

 

A Secretaria se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Fonte:Redação / Portal Sorriso
Autor:Luana Rodrigues
FOTOS DA NOTÍCIA