Mato Grosso, Terça, 20 de Novembro de 2018
Politica | esquemas no detran
Sexta, 08 de Junho de 2018
Desembargador 'ignora' votação da ALMT e mantém prisão de Mauro Savi
Fotografia:Reprodução

O desembargador José Zuquim, do Tribunal de Justiça, acaba de negar a expedição do alvará de soltura para o deputado estadual Mauro Savi (DEM), que está preso por envolvimento em esquema no Detran de Mato Grosso. A decisão foi proferida após o magistrado analisar a Resolução nº 5.466/2018 aprovada pelo Conselho de Ética Parlamentar da Assembleia na terça (5), que delibera sobre a liberdade do democrata. A defesa já havia informado a imprensa que neste caso, entraria com pedido de habeas corpus junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

 

"Assim sendo, registro o reconhecimento da Resolução 5.466/2018 editada pela ALMT, todavia, diante dos fundamentos expedidos, a tenho sem efeito, para o Poder Judiciário, em nada modificando a situação do parlamentar – Deputado Mauro Savi, que devera permanecer sob custódia preventiva, até ulterior deliberação por este Sodalício", diz trecho da decisão de Zuquim.

 

O documento do Legislativo não tem poder de alvará de soltura, de modo que foi necessário ser apreciado pelo desembargador, que foi quem determinou a prisão de Savi. Zuquim é o relator da investigação sobre um suposto esquema engendrado no Detran e que teria movimentado R$ 30 milhões em propina.

 

O deputado é apontado pelo Ministério Público Estadual como um dos líderes da organização criminosa responsável por colocar o esquema em prática. Savi foi preso em 9 de maio, dia em que foi deflagrada a segunda fase da Operação Bereré, denominada Bônus.

 

A defesa do parlamentar também entrou com um habeas corpus junto ao gabinete de Zuquim pedindo a liberdade, mas o recurso foi remetido ao Pleno do TJ, que na última semana apreciou parcialmente a demanda. Até o momento, 16 dos 30 desembargadores votaram para mantê-lo na prisão, mas a conclusão do julgamento foi adiada em razão em um pedido de vista.

Fonte:Redação/RD News
Autor:Eduarda Fernandes
FOTOS DA NOTÍCIA