Mato Grosso, Terça, 12 de Dezembro de 2017
Policia | FALSIFICAÇÃO GROTESCA
Quinta, 14 de Setembro de 2017
Comerciante de Nova Ubiratã é detida suspeita de repassar dinheiro falsificado
Fotografia:Divulgação PM

A proprietária de uma lanchonete localizada ás margens da MT-242, em Nova Ubiratã, foi detida suspeita de repassar três notas falsificadas de R$ 50 reais.

 

A fraude foi descoberta, nesta quinta-feira (14), quando uma segunda pessoa tentou realizar o pagamento de um boleto na única casa lotérica do município.

 

Ao perceber a falsificação a atendente do local comunicou à cliente que optou em acionar a Polícia Militar.

 

Para confirmar a suspeita, o dinheiro foi levado até uma instituição financeira onde foi submetido a teste numa máquina capaz de identificar possíveis adulterações.

 

Em entrevista policial, a mulher disser ter recebido o valor de sua inquilina, uma jovem de 27 anos, que por sua vez alegou ter conseguido o dinheiro com um suposto cliente.

 

“Como ela não soube informar o nome e nem o endereço deste cliente tivemos que encaminha-la a Delegacia de Polícia Judiciária Civil para as providências cabíveis”, informou o Sargento da PM, Ildo de Lima.

 

Ainda de acordo com o militar, denuncias anônima já haviam sido feitas anteriormente informando sobre a circulação de notas falsas no comércio local.

 

“A funcionária de uma instituição de ensino nos procurou recentemente para informar o recebimento de notas de origem duvidosa. São falsificações grosseiras, inclusive algumas notas tem o mesmo número de série (...) nossa orientação é que os moradores fiquem atentos ao receber dinheiro em espécie”, alerta.

 

O ato de falsificar, fabricar ou alterar dinheiro em curso legal, seja ele de papel ou moeda, é crime federal previsto no artigo 289 do Código Penal Brasileiro.

 

A pena para o crime varia de 03 a 12 anos de detenção e multa. O caso deve ser encaminhado a Polícia Federal.

 

*O nome da comerciante não foi divulgado para não prejudicar as investigações

 

 

Fonte:Redação
Autor:Sirlei Maria
FOTOS DA NOTÍCIA