Mato Grosso, Quarta, 14 de Novembro de 2018
Policia | 'GUERRA NO CAMPO'
Terça, 30 de Janeiro de 2018
Acampamento de sem terras é crivado de balas; produtor rural de Nova Ubiratã é denunciado
Fotografia:Ubirata24horas

Homens fortemente armados invadiram um acampamento de sem terras situado ás margens da MT-140, na divisa dos municípios de Nova Ubiratã e Vera.

 

Um barraco onde estavam 15 famílias, membros da Associação dos Trabalhadores Rurais Rio Ferro, foi crivado por tiros de espingarda calibre “12”.

 

O atentado foi registrado na madrugada da última quarta-feira (24). Felizmente ninguém se feriu.

 

Um produtor rural, que alega ser o dono legal da área de aproximadamente 6 mil hectares, foi denunciado como possível mandante do crime.

 

Em entrevista ao site ubirata24horas (Veja Aqui), o presidente da associação de trabalhadores, José Raimundo Silva, denunciou a existência de um suposto grupo de jagunços.

 

Segundo ele, os homens são vistos constantemente armados e seriam pagos por produtores rurais da região.

 

“Eles [jagunços] passam na frente do acampamento em duas caminhonetes exibindo armas e nos ameaçando. Estamos com medo de que a qualquer momento eles entrem aqui e façam algo pior”, alerta.

 

Ainda de acordo com o líder rural, o caso será denunciado, nesta terça-feira (30), a Comissão Pastoral da Terra (CPT), em Cuiabá, órgão criado para fiscalizar e coibir a violência no campo.

 

“Nós estamos aqui de forma pacífica e não vamos nos acovardar diante dessas ameaças. Vamos exigir que as autoridades competentes tomem as providências quanto a esse tipo de crime covarde”, assinala.

 

Em janeiro deste ano (2018) o grupo, formado por moradores das cidades de Nova Ubiratã, Vera, Sorriso, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Sinop e Alta Floresta, tomou posse de parte da fazenda Sumape com base em uma liminar expedida pela 2ª Vara Especializada em Direito Agrário.

 

Desde então os conflitos tem sido registrados na região.

 

Outro lado, a reportagem tentou, mas não conseguiu localizar os responsáveis pela fazenda citada.

 

Fonte:Redação
Autor:Sirlei Maria
FOTOS DA NOTÍCIA