Mato Grosso, Domingo, 19 de Agosto de 2018
Geral | tragédia anunciada
Quinta, 18 de Janeiro de 2018
Vitimas de acidente na MT-242 são identificadas; mãe e filha visitavam familiares em Nova Ubiratã
Fotografia:Reprodução Facebook

Os três ocupantes da carreta que morreram em um acidente de trânsito, ocorrido nesta quarta-feira (17), no km 21 da rodovia MT-242, foram identificados.

 

Trata-se de Zenildo Alves dos Reis, de 44 anos (motorista), Juliana Lucas dos Santos, 31, e a filha do casal Heloa Nicole Alves dos Santos de apenas 1 ano e 4 meses.

 

A identificação foi possível graças a imagens, registradas por câmeras da concessionária que administra a rodovia, da carreta Mercedes-Benz, de cor branca e placas de Timbó (SC). Veja o vídeo.

 

As imagens mostram o momento exato que a carreta passa pelo cruzamento que liga as cidades de Nova Ubiratã e Sorriso ao distrito de Boa Esperança do Norte.

 

De acordo com os familiares, Juliana e Heloa estavam a cerca de 15 dias na residência de uma tia, localizada no bairro Jardim Vitória, em Nova Ubiratã.

 

A família revelou ainda que a jovem tentava separar-se do marido, que por sua vez não aceitava o fim do relacionamento.

 

“Esta semana ele [Zenildo] ligou para minha sobrinha e disse que se ela não reatasse o relacionamento iria mata-la”, disse Maria do Carmo Pires, uma das tias da jovem.

 

Ainda segundo a mulher, minutos antes do acidente o caminhoneiro esteve em sua residência com pretexto de buscar a filha.

 

“Ela [Juliana] ficou com medo de deixar a menina ir sozinha, por isso acabou entrando no caminhão (...) antes de sair ela me disse tia hoje eu vou sofrer, ele já esta bêbado”, completa.

 

A versão apresentada pela família reforça a suspeita de que o acidente foi causado propositalmente. 

 

Esta tarde os pais da jovem e avós da criança, que residem no distrito de Entre Rios, a 150 quilômetros de Nova Ubiratã, seguiram para Sorriso a fim de realizar a coleta do material genético que será utilizado no exame de DNA.

 

Colisão frontal

Conforme noticiado pelo site ubirata24horas, as vitimas morreram carbonizadas depois que a carreta em que trafegavam colidir frontalmente em um caminhão tanque.

 

Com o impacto o caminhão que pertence a uma transportadora de Sorriso e estava carregado com combustível de avião, acabou explodindo.

 

Apesar de ter sofrido queimaduras de segundo e terceiro grau em 80 por cento do corpo o condutor do caminhão  conseguiu escapar com vida.

 

Ele foi encaminhado ao Hospital Regional de Sorriso (Sorriso) e durante a manhã transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular.

 

Leia também: Colisão frontal na MT-242 deixa uma pessoa morta e outra gravemente ferida

Fonte:Redação
Autor:Sirlei Maria
FOTOS DA NOTÍCIA