Mato Grosso, Quarta, 14 de Novembro de 2018
Geral | fim dos tempos
Quinta, 25 de Outubro de 2018
Garota de programa é morta a pedradas por quatro supostos clientes
Fotografia:Reprodução / Ilustrativa

Uma garota de programa, identificada como Elciwany Rocha da Mata, de 43 anos, foi apedrejada e morta por quatro homens, na madrugada desta quinta-feira (25), no bairro CPA III, em Cuiabá. Uma travesti, que é colega da vítima, contou que ouvi os gritos de desespero e ainda tentou socorrê-la, mas sem sucesso. Até agora, ninguém foi preso.


A Polícia Militar foi acionada através do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) para atender ao chamado em um ginásio abandonado no bairro. Quando chegou, encontrou a travesti com as mãos todas sujas de sangue, ao lado do corpo da garota de programa.


Segundo a testemunha, ela estaria tentando reanimar a amiga e por conta disto estava com a mão ensanguentada. A travesti contou que instantes antes do crime, havia feito uso de bebida alcoólica e drogas com a vítima, momento em que chegaram cinco clientes pedindo por um programa.


Um dos homens ficou com a travesti, enquanto que os outros quatro seguiram com a vítima. Pouco tempo depois, a testemunha afirma ter ouvido gritos e pedidos de socorro. Quando chegou onde estava a garota de programa, flagrou os homens a atacando a pedradas.


Os criminosos então teriam dito para que ela não se aproximasse, se não também seria agredida. Depois de cometer o crime, os suspeitos fugiram do local. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e constatou o óbito.


A versão contada pela travesti será investigada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que esteve no local. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) também realizou os trabalhos na cena do crime. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

Fonte:Redação / Olhar Direto
Autor:Wesley Santiago
FOTOS DA NOTÍCIA