Mato Grosso, Terça, 20 de Novembro de 2018
Geral | projeto japuíra
Terça, 12 de Junho de 2018
Empreendedoras concluem treinamento de costura industrial com encomenda de 18 mil peças
Fotografia:Divulgação

Prestes há completar quatro meses em Nova Ubiratã, o Projeto Japuíra – desenvolvido pelo Instituto Mato-grossense de Algodão (IMAmt), com apoio da Administração Municipal, começa a render seus primeiros frutos.

 

Nesta sexta-feira (08), doze empreendedoras do distrito Parque Água Limpa, situado a 90 km da sede, concluíram o treinamento de costura industrial.

 

A cerimônia de entrega de certificados, ocorreu nas dependências da Fábrica “Costurando Sonhos”, contou com a presença de representantes dos poderes executivo e legislativo.

 

Na oportunidade, as empreendedoras oficializaram o primeiro contrato de prestação de serviços. Firmado com uma empresa de Cuiabá, o contrato prevê a facção de 18 mil peças.

 

“Foram 90 dias de muita dedicação e aprendizado. Gostaria de agradecer a prefeitura de Nova Ubiratã por ter incentivado a vinda do projeto e a cada uma de vocês que acreditaram em nossa metodologia de ensino. Nosso desejo é que vocês continuem produzindo e lucrando”, incentivou o coordenador do Projeto Japuíra, Osmar Rodrigues.

 

O resultado positivo também foi comemorado pelo secretário municipal de indústria, Comércio, Turismo e Cultura, Wellyngton Tavares, responsável pela articulação comercial junto a quatro empresas do ramo.

 

“Desde o início do projeto nossa equipe tem se empenhado para garantir a comercialização da produção. Foram inúmeras reuniões que só surtiram efeito graças ao profissionalismo e comprometimento de cada uma de vocês”, assinala.

 

Segundo o gestor, durante o processo de aprendizado foram confeccionados mais de 5 mil peças, sendo que cerca de 30% do produto foi comercializado na região.

 

“Algumas peças foram doadas a entidades filantrópicas e projetos sociais, como no caso do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, já outras foram vendidas a preços acessíveis para as secretarias municipais e a comunidade em geral”, completa.

 

“Estamos muito confiantes com o futuro do projeto, tanto é que já estamos estudando a viabilidade para implantarmos uma segunda fábrica para atendermos as moradoras da sede”, conclui.

 

Também participaram da solenidade os secretários municipais de Administração, Saúde e Governo, respectivamente, Mauro Odinei Soliani, Silvio André Stolfo e Arnon Soares Vandes, o pastor Eliseu Rodrigues, da Igreja Presbiteriana Renovada, e os vereadores Adilson Luiz da Silva e Elaine Cristina Teixeira.

 

Leia também: Prefeitura investe em fábrica de confecções para garantir inserção de mulheres ao mercado de trabalho

 

 

Fonte:Redação / Assessoria
Autor:Michel Ferreira
FOTOS DA NOTÍCIA