Mato Grosso, Domingo, 19 de Agosto de 2018
Geral | colisão frontal
Quarta, 07 de Fevereiro de 2018
Caminhoneiro que teve 70% do corpo queimado em acidente na MT-242 é transferido para Cuiabá
Fotografia:Arquivo/Ubirata24horas

O motorista de um caminhão-tanque que explodiu em um acidente ocorrido no dia 17 do mês passado, no km 21 da MT-242, em Sorriso, foi transferido para o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Pronto-Socorro de Cuiabá.

 

O caminhão que Valdecir Signori, de 36 anos, conduzia bateu de frente com o cavalinho de uma carreta, que teria invadido a faixa contrária numa tentativa de ultrapassagem.

 

Com o impacto ambos os veículos pesados explodiram. O motorista que causou o acidente, a filha de dois anos e a esposa morreram carbonizados.

 

Apesar do incêndio, Valdecir conseguiu sair pelo para-brisa do veículo e pedir ajuda de profissionais da concessionária que administra a rodovia.

 

Valdecir foi o único sobrevivente da tragédia. Ele estava internado em um hospital particular de Sorriso e no último sábado (3) foi transferido para Cuiabá.

 

Para a transferência, foi disponibilizado um transporte aéreo. O estado de saúde dele é estável, mas ainda não há previsão de alta.

 

O acidente

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o caminhão-tanque seguia pela rodovia estadual, sentido Nova Ubiratã, a 506 km da capital, enquanto que outro veículo de carga, que teria supostamente forçado uma ultrapassagem, trafegava sentido Sorriso.

 

Os dois veículos bateram de frente e o caminhão-tanque, que estava carregado com óleo diesel, explodiu. 

 

Leia também: Vitimas de acidente na MT-242 são identificadas; mãe e filha visitavam familiares em Nova Ubiratã

Fonte:Redação/ G1 MT
Autor: Aline Dessbesell
FOTOS DA NOTÍCIA