Mato Grosso, Domingo, 24 de Junho de 2018
Geral | verdadeiro milagre
Terça, 06 de Março de 2018
Após permanecer 36 dias internado, motorista que teve 70% do corpo queimada recebe alta hospitalar
Fotografia:Arquivo (ubirata24horas)

Valdecir Signori, de 36 anos, único sobrevivente de um acidente de trânsito que matou três pessoas carbonizadas na MT-242, em janeiro deste ano, recebeu alta hospitalar.

 

Ele teve 70% do corpo queimado e esteve internado em um hospital particular de Sorriso e depois foi transferido para o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ), instalado no Pronto-Socorro de Cuiabá.Ontem, os médicos do CTQ se certificaram de que o caminhoneiro já tem condições de continuar a recuperação em casa.

 

Uma fonte informou a reportagem, que Valdecir deve chegar ainda hoje em Sorriso e que ele deve ficar uns meses afastado do trabalho até que esteja plenamente recuperado.

 

Valdecir Signori foi transferido para o Centro de Tratamento de Queimados no dia 3 de fevereiro, onde recebeu um tratamento específico para tratar as queimaduras de terceiro grau. Para a transferência, foi disponibilizado um transporte aéreo.

 

O veículo que Valdecir conduzia bateu de frente com outro caminhão, que teria invadido a faixa contrária em uma tentativa de ultrapassagem, e houve uma explosão. O motorista, uma mulher e um bebê, que estavam no outro caminhão, morreram carbonizadas.

 

Já Valdecir saiu pelo para-brisa de caminhão-tanque e foi socorrido por uma equipe de resgate da concessionária que administra a rodovia.

 

Leia também: Colisão frontal na MT-242 deixa uma pessoa morta e outra gravemente ferida

Fonte:Portal Sorriso
Autor:Luana Rodrigues
FOTOS DA NOTÍCIA