Mato Grosso, Quarta, 14 de Novembro de 2018
Cidades | disputa por terras
Quarta, 07 de Fevereiro de 2018
Ex-morador de Nova Ubiratã é assassinado a tiros em frente à Prefeitura de Paranatinga
Fotografia:Reprodução/Paranatinga News

O líder de um grupo de sem terras e ex-morador de Nova Ubiratã, Carlos Antônio dos Santos, de 51 anos, foi executado a tiros na manhã desta quarta-feira (07) no município de Paranatinga.

 

De acordo com informações apuradas pela reportagem, "Carlão", como era popularmente conhecido, deixava o estacionamento da prefeitura daquele município, em um veículo Ford Ecosporte, de cor prata, quando foi surpreendido pelo atirador.

 

O suspeito que estava numa motocicleta, marca e modelo não confirmados, efetuou pelo menos cinco disparos à curta distância e em seguida fugiu tomando rumo ignorado.

 

Carlos Antônio chegou a ser socorrido com vida e encaminhado ao Hospital São Benedito, porém não resistiu aos ferimentos e morreu.

 

Segundo a esposa da vitima, cujo nome não foi revelado, Carlão vinha sendo ameaçado em virtude de sua atuação junto a um grupo de sem terras.

 

A informação reforça a suspeita de que o crime tenha relacionamento com a disputa de terras na região.

 

Ainda de acordo com a mulher, que testemunhou o crime, atualmente o casal vivia com uma filha menor de idade em um assentamento rural do Distrito de Santiago do Norte (Paranatinga).

 

O caso é investigado pela Polícia Judiciária Civil de Paranatinga.

 

Em Nova Ubiratã Carlão liderou invasões em diferentes propriedades rurais, a última delas ocorreu em 2015 à Fazenda Centro da Mata, situada ás margens da MT-242 a cerca de 25 quilômetros da sede do município.

 

Leia também: Grupo de sem terras é preso acusado de ameaçar fazendeiros e cobrar pedágio de motoristas

Fonte:Redação
Autor:Nilva Santos
FOTOS DA NOTÍCIA