Mato Grosso, Domingo, 22 de Julho de 2018
Agronegocio | chapa única
Quarta, 11 de Julho de 2018
Tiago Stefanello é candidato a presidente do Sindicato Rural de Sorriso
Fotografia:Reprodução

O produtor rural Tiago Stefanello Nogueira é candidato à presidência do Sindicato Rural de Sorriso. Também integra a chapa como candidato a diretor administrativo financeiro o produtor Nodimar Correa.

 

As eleições serão realizadas no dia 28 de julho deste ano e foi apresentada chapa única.

 

Eles estiveram presentes no Programa A Voz do Povo, da Rádio Sorriso FM para apresentar as propostas da plataforma de trabalho “Pretendemos defender o produtor, a cada dia novos problemas para o setor, leis, medidas provisórias, tarifas, taxas, impostos. O agronegócio é um dos setores mais pujantes na economia e também é o que é mais afetado quando vem a parte dos tributos. Vamos defender a nossa classe para pagar cada vez menos.”, afirmou Tiago.

 

Eles falaram entre outros assuntos, sobre os preços do frete que estão travando as negociações de compra e venda de commodities como soja e milho. E também sobre o preço mínimo de do ITR de terras pela aptidão e conceito de terra nua. “A Receita Federal entende que nem todas as terras tem o mesmo valor. Produtores tem recebido notificações e a gente fica preocupado. Essas notificações são de 2014, que chegou a uma polemica de até 27 mil reais o base de calculo por hectare, depois chegou-se ao valor de 12 mil reais em Lucas, Sinop e Sorriso que ainda era muito alto. Novamente houve conversação chegou a valores de 5, 7 e 9 mil reais. Foi feito o conceito de divisão desses valores por localização da área, que na verdade deve ser por terra nua não importando a localização.

 

O que muda perante a Receita Federal é a aptidão da terra, se é para lavoura, pecuária. Tentou-se achar um número adequado sobre o conceito de terra nua, chegou ao valor de 3.500 reais por hectare. A Receita não aceitou o valor único. O que assusta os produtores hoje é porque estão recebendo notificações de 2014(que era de 5,7 e 9 mil). A Receita dividiu os valores por 3 e achou uma média de 6.654 mil e está notificando. Essa comissão será reformulada para discutir junto a receita esse valor de 3.500 reais, se vão aceitar esse valor corrigido pelo IPCA e pelas aptidões.”, resumiu Nodimar Correa.

 

Confira a chapa completa:

Diretoria

Presidente: Tiago Stefanello Nogueira

Diretor administrativo financeiro: Nodimar Correa

Diretor de assuntos da agricultura: Giancarlos Bavaresco

Diretor de assuntos da pecuária: Elton Dal Molin

Conselho de Administração:

Calyton Sheiki Tessaro

Fernando Maziero Pozzobon

Silvano Filipetto

Silvane Gazola

Conselho Fiscal - Titular

Rodrigo Pozzobon

Ildo José Damiani

Conceição Barbosa da Mata Missio

Conselho Fiscal - Suplentes

Evandro Bedin

Luimar Luiz Gemi

Anir José Taparello

Fonte:Redação / Assessoria
Autor: Tâmara Figueiredo
FOTOS DA NOTÍCIA