Mato Grosso, Quarta, 14 de Novembro de 2018
Agronegocio | preocupante
Quinta, 25 de Outubro de 2018
Preços da soja continuam caindo no Brasil
Fotografia:Reprodução

A pesquisa diária do Cepea acusou retração de 0,88% nos preços pagos pela soja para exportação nos portos brasileiros nesta terça-feira (3.10), chegando a R$ 88,61/saca e elevando as perdas mensais de outubro na exportação para 7,33%. No mercado interno, os preços recuaram menos – apenas 0,04% – para R$ 82,94/saca, com as perdas mensais de outubro aumentando para 6,8% nas praças do interior do País.

 

“Embora o Dólar tenha subido 0,28% em relação ao Real, cerca de 10 pontos percentuais a mais do que a queda de 0,17% das cotações da soja em Chicago nesta terça-feira, não foram suficientes para entusiasmar os vendedores a entrar no mercado”, aponta o analista da T&F Consultoria Agroeconômica Luiz Fernando Pacheco. 

 

De acordo com o especialista, a informação que circula internamente é a de que “o mercado esteve bem fraco, com poucas especulações (de preço) de ambos os lados. Isto é, não apenas os vendedores ficaram de fora, mais preocupados com o plantio da safra nova do que a comercialização do que resta da safra velha, como os próprios compradores não quiseram se desgastar oferecendo preços baixos, que eram os únicos possíveis nesta terça-feira”.

 

“Como sempre, esta situação foi registrada pela pesquisa diária do Cepea. O que fazer diante disto? Prestar mais atenção ao lucro do que ao preço, simples assim. O preço, como sempre dizemos, é enganoso e esteve ótimo até 15 dias úteis atrás e deveria ser aproveitado, como recomendamos exaustivamente. Mesmo nos níveis atuais, ele ainda é bom. Mas, a decisão é de cada agricultor”, conclui Pacheco.

Fonte:Redação / Agro Link
Autor:Leonardo Gottems
FOTOS DA NOTÍCIA